Os pisos mais indicados para o entorno

   

Escolher o material certo para a área ao redor da piscina é fundamental e garante a segurança dos banhistas. Conversamos com especialistas e apresentamos os preferidos.

Cerâmica: Disponível em uma variada gama de opções, cores e tamanhos, a cerâmica se destaca pelo baixo custo, facilidade de manutenção e baixa absorção de água. Porém, ao optar pelo material é preciso ficar atento, pois ele pode ficar escorregadio quando molhado. “Para a cerâmica do entorno é fundamental escolher peças de superfície antiderrapante”, ressalta a arquiteta Roseana Monteiro. Outras desvantagens são que a cerâmica não é atérmica e o rejunte pode encardir com o tempo. A manutenção é simples: basta limpar com água e detergente.

Concreto atérmico: O material não esquenta e não é escorregadio, mesmo quando molhado. “O resultado fica lindo e o material pode ser encontrado em diversas cores, tamanhos e formatos”, defende a arquiteta Beatriz Dutra. Constituído de cimento branco e minerais refratários, possui uma superfície com furos que fazem as vezes de ventosas, aumentando a aderência. Além da facilidade de instalação e manutenção, o material apresenta boa relação custo-benefício. A desvantagem fica por conta dos tons claros que podem sujar facilmente – para evitar este problema a saída é usar resina protetora, que mantém a boa aparência do revestimento.

Fonte: Revista Casa e Construção